Juventude Franciscana (Jufra)

O QUE É A JUFRA?

A Juventude Franciscana (JUFRA) é uma proposta de vivência cristã destinada a jovens que, por vocação, carisma ou índole, comprometem-se com o ideal de vida inspirado na espiritualidade franciscana

A JUFRA é, ou deve ser, um monte de gente nesse mundão afora, que tomou consciência de que deve esforçar-se para melhorar o mundo e que a melhora do mundo começa a partir de si mesmo. 

A JUFRA tem estilo e características próprias. Por isso, nessa fraternidade de jovens, os jufristas assumem todos os deveres e, por conseguinte, gozam de todos os direitos inerentes ao compromisso franciscano de vida secular. Segundo o Estatuto da JUFRA de Cabo Verde, ela é uma associação civil com caráter e objectivos dentro exclusivamente dos campos Religioso, Educacional e Social. 

OBJECTIVO DA JUFRA?              

O objectivo do movimento é despertar o jovem para a vivência franciscana, levando-o a uma experiência de vida de fraternidade, criando condições para que viva o Evangelho no contexto da realidade actual, buscando a transformação da sociedade à luz do carisma franciscano e da Regra da OFS. Em suma, a JUFRA é um projeto de ações que atrai pessoas e depois as educam para agirem no mundo, orientadas pela vontade de Deus e de acordo com uma filosofia de vida.         

A JUFRA é uma obra pastoral voltada para a Juventude. Entretanto, enquanto obra pastoral, ela é específica. Dizemos pastoral específica porque esta obra está vinculada a um carisma específico que é o carisma franciscano secular.  

ORGANIZAÇÃO DA JUFRA          

A JUFRA se organiza em Fraternidades e cada uma dessas fraternidades se constitui numa porta por onde os adolescentes e jovens ingressam na Família Franciscana Secular. Ao mesmo tempo, cada fraternidade é, também, o lugar onde aconteceram as vivências educacionais daquilo que é orientado e determinado pelas Diretrizes de Formação da JUFRA de Cabo Verde.   


A JUFRA institucionalmente é OFS, contudo, enquanto obra pastoral, a JUFRA goza de autonomia no que diz respeito ao seu gerenciamento. Isto quer dizer que ela em liberdade absoluta para escolher todos os seus gestores, definir as suas metas, as suas estratégias, etc.       

A JUFRA quis ser e continua sendo um movimento de renovação dentro do franciscanismo, no sentido de ser uma pastoral voltada para a conquista dos jovens, dos adolescentes e das crianças, com proposta vocacional específica para o franciscanismo secular, o que implica no facto de se constituir em importante porta de ingresso para a OFS. Mas, também dizemos de renovação por causa de sua especialização no trabalho com as referidas faixas etárias, que veio a somar na Família Franciscana um importante instrumento, adequado às exigências da sociedade atual. 

A JUFRA E OS FRADES

A Jufra conta com preciosas ajudas! Cada fraternidade deve ter o acompanhamento de um(a) assistente espiritual – frade ou irmã que devem orientá-los quando ao carisma – e também um(a) irmão(ã) da OFS, chamado de animador fraterno, cuja função é caminhar junto e partilhar a vivência da espiritualidade franciscana enquanto leigo.

CLICA AQUI E CONHEÇA MELHOR A JUFRA

Jornal Terra Nova

Santo do dia