Ordenação presbiteral do Frei Euclides Delgado Pires

O dia 24 de Maio teve um significado especial para a Igreja Católica, a celebração da festa de Pentecostes ou seja, a descida do Espírito Santo sobre a a Igreja. Para a Igreja de Cabo Verde teve ainda um sabor especial por causa de ordenação de mais um padre: Euclides Delgado Pires. Durante a homilia, o Bispo D.Ildo Fortes destacou o significado que o Espírito santo tem na vida das pessoas. Relembrou o Concílio e o Papa João XXIII que falavam da necessidade de abrir as janelas e deixar entrar o ar fresco. “Devemos abrir mão da nossa segurança para deixar entrar o Espírito Santo”,  defende D. Ildo.

“O Espírito Santo não nos é dado apenas para o nosso bem pessoal mas sim para o bem comum” ressalva O bispo da Diocese do Mindelo que fez um apelo para que as pessoas deixem que o Espírito Santo aja em suas vidas.

Euclides Pires o mais novo padre de Cabo Verde, acredita que esta sua vocação não termina com a ordenação. “Vocação é para a vida inteira, hoje foi uma etapa ainda tenho outras caminhadas para frente” explica o padre Euclides. A mensagem que ele deixa para aqueles que querem seguir a vida sacerdotal é que não tenham medo de seguir em frente e promete ser um sacerdote para servir o povo.

Mateus Pires, irmão do mais novo padre de Cabo Verde, diz ser um motivo de orgulho para toda a família e destaca o papel da família na transmissão de valores fundamentais para a construção de bons cidadãos. Sublinhou também o papel das entidades e grupos que contribuem para tal, como é o caso dos escuteiros ao qual o padre Euclides fez parte na sua adolescência.

Com a ordenação do Frei Euclides são agora quatro os padres oriundos da paróquia de São João Baptista: O padre Hipólito, o Padre Ademário, O padre Danilson e agora o padre Euclides.

Aníria Teixeira, jornalista

Jornal Terra Nova

Santo do dia